domingo, 23 de setembro de 2012

1 º ano de uma professora...

Eu sempre digo que não escolhi o magistério, mas o magistério me escolheu. Imaginem como foi o primeiro ano de trabalho de uma professora recém formada e que “não sabia pegar no giz”...

Quando cheguei à escola para assumir minha classe de 1ª série, um anjo apareceu em minha vida. Era uma professora muito experiente que "foi com a minha cara" e me adotou. Me explicou como fazia o seu trabalho, me deu dicas, exemplos de atividades, etc... eu estava no paraíso. Mas essa professora tinha uma prática totalmente tradicional e embora tivesse sucesso em seu trabalho, aquilo não fazia sentido para mim, pois na Faculdade de Pedagogia eu havia aprendido outras coisas.

Por outro lado, nesta mesma escola, eu conhecia uma professora que só trabalhava com listas; era lista disso, daquilo, era lista todo dia... Mas esta professora, diferentemente da primeira, não compartilhava seus conhecimentos e sua prática.

Então, fiquei no meio desse tiroteio de metodologias, sem saber ao certo o que fazer. No mês de agosto cheguei a pensar em desistir, pois tudo era difícil e me sentia solitária.

Eis que aquele maravilhoso anjo que citei no inicio do texto me fez refletir sobre algo que foi a luz no fim do túnel. Ela simplesmente disse que no primeiro ano eu sofreria muito e que tudo seria difícil mesmo. No segundo ano as dificuldades ainda estariam muito presentes. A partir do terceiro, as coisas começariam a clarear e por volta do quarto ano eu me estabeleceria. O segredo era continuar caminhando.

Pois é! Estou em meu nono ano de trabalho. Tudo ainda é meio novo, mas agora já dá pra saber o que dá certo e o que precisa melhorar. Respeito o modo como os professores ensinavam antigamente, mas, em minha prática, busco compreender como as crianças aprendem na realidade atual. 
                                                                                                   
Hoje trabalho com o 1º ano do Ensino Fundamental (descobri que essa é a minha praia) e neste blog pretendo divulgar algumas experiências, vídeos e atividades da minha própria prática pedagógica, de maneira que possa auxiliar todos aqueles que, assim com eu, encontraram dificuldades no início da carreira.

A intenção é fazer e aprender...

5 comentários:

  1. Gostei da sua história, pra mim também foi muito difícil esse início principalmente por conta da insegurança, mas o tempo é a ferramenta necessária para o amadurecimento. Parabéns pela iniciativa do blog e por partilhar essa sua história tão bonita. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo incentivo. Minha intenção é partilhar minhas experiências práticas, claro que também terá algum embasamento teórico. Sucesso pra você também. Abraços

      Excluir
  2. Porque desistiu de continuar a postar sua metodologia.Simplesmente amei sua forma de trabalhar.Não desista porque sua metodologia é sensacional.Vai postando elas como se fosse um diário.Nós com certeza ficaremos muito agradecida.Deus te anençõe.Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, eu é que amei seu comentário carinhoso... Obrigada e sempre que possível vou colocar aqui aquilo que faço na sala de aula ( o que deu certo e o que deu errado também...)Beijos e que Deus te abençoe muito também.

      Excluir
  3. Olá, Cíntia! Tudo bem??
    Estou passando para conhecer seu blog (Parabéns pela qualidade dos conteúdos!!) e sua história tem tudo a ver com o meu blog www.comoeuensino.blogspot.com.br... Através dele, eu presto consultoria online para professores que passam exatamente pelo o que vc passou... Eu poderia utilizar seu post "1º ano de uma professora" no meu blog, para exemplificar os objetivos de meus serviços e, consequentemente, divulgar seu blog tbm??
    Abraços!

    ResponderExcluir