quarta-feira, 10 de outubro de 2012

O que não pode faltar em uma sala de alfabetização - Parte II


Lista de nome dos alunos

     Uma das estrelas da minha sala de aula é a “lista de nomes” dos alunos colada na parede. Posso dizer, com certeza, que é uma das ferramentas mais eficazes.

     Além de o nome próprio ser parte da identidade de cada pessoa, ele também proporciona uma série de avanços na aprendizagem dos alunos justamente por ser uma escrita tão variável.

Como fazer:

     Este cartaz deve ser feito com letra bastão maiúscula, bem legível de qualquer parte da sala, pois a criança terá fácil acesso ao material. Se ela precisar se levantar para fazer qualquer consulta poderá se atrapalhar e perder a concentração.

     Não é necessário ter nenhum enfeite, letra colorida ou destacada, pois a referência é o nome e não a decoração.

     Eu, particularmente, coloco os nomes em ordem alfabética, sem separação entre meninos e meninas.

     Aqui está a minha super lista deste ano...



Como usar:

     Desde o início do ano, faço leitura diária desta lista( pelo menos enquanto ainda tenho alunos não-alfabéticos), bem como atividades diversificadas sobre esse tema. Para exemplificar, indico o Guia de Orientações do Ler e Escrever do 1º ano ( de cor vermelha ), que recebi da escola, especificamente a partir da página 35, mas que também baixei no site: http://lereescrever.fde.sp.gov.br/SysPublic/InternaMaterial.aspx?alkfjlklkjaslkA=302&manudjsns=0&tpMat=1&FiltroDeNoticias=3
     Como é muito utilizada, a lista acaba sendo memorizada, o que se torna muito útil, pois o nome próprio é uma escrita estável, ou seja, nunca mudará. É uma referência segura. Por isso, ao escrever uma palavra que comece da mesma forma que um nome da lista, a relação é instantânea. O que facilita o aprendizado. Ex: Ao tentar escrever a palavra BICICLETA, o aluno irá procurar o nome da BIANCA, e assim por diante.

     Aproveito os nomes complexos para trabalhar as primeiras noções de ortografia. Sendo assim, esta ferramenta se torna uma fonte inesgotável de aprendizagens, se for usada, é claro!

     Então podemos escolher se este cartaz será nosso ajudante de todos os dias ou se será só mais um cartaz na parede do “ambiente alfabetizador”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário