quarta-feira, 10 de abril de 2013

Atividade de Auditório

Para que as crianças sejam alfabetizadas na idade certa, é necessário que sejam colocadas diante de situações diversas de aprendizagem onde possam colocar em jogo tudo o que sabem e sejam desafiadas em seus saberes para que avancem no sistema de escrita.

Uma ótima opção de atividade desafiadora é a "atividade de auditório". Nesta atividade o professor seleciona alguns alunos com hipóteses diferentes e solicita que escrevam uma determinada palavra, um de cada vez, da hipótese mais primitiva (pré-silábica), para a mais avançada (alfabética). Assim, cada aluno observa a escrita feita anteriormente por seu colega e reflete se concorda ou não com as letras escolhidas, tendo a opção de fazer uma nova escrita, sem apagar a do seu colega.

Segue abaixo algumas imagens que podem exemplificar melhor este tipo de atividade:

Escrita da palavra "CENTOPEIA"  
 Esta aluna tem hipótese de escrita "pré-silábica". Ao escrever, não se preocupou com a quantidade de letras, mas ao ler, marcou uma letra para cada sílaba.

 O segundo aluno tinha hipótese de escrita "silábica-com-valor-sonoro" e ao escrever buscou as letras familiares de cada sílaba.

 A terceira aluna, tinha hipótese "silabica-alfabética" e ao escrever se aproximou bastante do sistema de escrita convencional. Para escrever "IA", no final, utilizou as letras "NA". Pode haver explicação para esta escrita: Talvez ela não percebeu a presença da letra "I" e não poderia colocar apenas o "A" para escrever a sílaba final, então utilizou o "N" como coringa, pois acredita que as sílabas não podem ter apenas uma letra.


 O último aluno, com hipótese de escrita "alfabética", conclui a escrita, com ou sem ortografia. 

Ao final, todos os alunos (que escreveram na lousa, ou não), participaram de uma situação de aprendizagem onde refletiram sobre a escolha das letras para escrever as palavras.